2 de abril de 2012

A volta da Babilônia Feira Hype

Ontem resolvi fazer um programa super gostoso: passei a tarde na Babilônia Feira Hype. Os cariocas já devem conhecer bem e certamente estavam com saudade. Para quem não é do Rio, eu explico: é um evento que mistura moda, gastronomia, arte e design num espaço muito legal, o Jockey Club da Gávea.

A Feira Hype começou em 1996 no Aterro do Flamengo e só no ano seguinte, após passar por diversos outros lugares, fixou sua sede no Jockey. A última edição foi em 2007. Agora o evento voltou com uma superestrutura, proporcionando aos visitantes muita diversão, com direito a uma vista incrível do Corcovado, da Pedra da Gávea e da pista de corrida de cavalos que já recebeu inúmeras competições ao longo de sua história.



Sob lonas azuis estreladas, os expositores montam seus estandes e se preparam para receber, durante um final de semana por mês, os milhares de visitantes em busca de moda e de um ambiente descontraído. A praça de alimentação também é um dos atrativos da Feira, com opções de comida para todos os gostos, como crepes, filé com fritas, sanduíches, e até o acarajé baiano marca presença.

A moda é certamente o principal chamariz do evento. As marcas participantes são ainda desconhecidas do grande público, mas veem na Feira Hype uma enorme oportunidade de crescerem e, quem sabe um dia, abrirem suas lojas próprias. Foi o que aconteceu com marcas hoje renomadas no mercado, como Farm, Via Mia, que começou como Via Milano, Espaço Fashion, Constança Basto, Complexo B, British Colony, Sta. Ephigênia, Alessa, Foxton, Reserva e Gilson Martins. Muitas dessas grifes que tiveram a Feira Hype como berço, hoje desfilam nas principais semandas de moda brasileiras.









É realmente de enlouquecer! Tem roupas para trabalhar, para festas formais, como jaquetinha estilo Chanel, para eventos mais casuais, vestidinhos mil, sapatos, rasteirinhas, sapatilhas, bijus...Ufa!!! Nas fotos acima separei as peças que mais gostei nessa edição.

E tem também espaços culturais, com exposições de artistas plásticos, apresentações circenses, aulas de skate e de slackline pras crianças. Enfim, é um programão!





Bom, dessa vez eu fui só na intenção de passear, olhar as tendências, o estilo dos frequentadores, fazer window shopping mesmo, até porque deixei alguns 'contos de réis' a mais do que deveria na C&A agora em março (hehehe..), mas como é impossível sair de mãos vazias, acabei comprando uns agradinhos pro meu armário: mais umas pulseirinhas para ornar, uma frasqueira de tecido para guardar meus vidrinhos de esmalte, que já estavam implorando por uma casinha decente para fazerem uma bagunça organizada, e esssa t-shirt de caveirinha. Confesso que não me agradava muito essa onda de 'caveirismo'. Sei lá, acho que prefiro usar crucifixos e medalhinhas da Nossa Senhora das Graças ou estampas mais alegres a caveiras (yes, eu sou católica). Mas essa da camiseta tava tão colorida e simpática que ela me convenceu que é uma caveirinha do bem! Então, é a minha primeira peça com esse desenho.







A próxima edição da Babilônia Feira Hype deve acontecer nos dias 5 e 6 de maio. O horário da edição deste último final de semana foi de 12h às 22h e o valor do ingresso inteiro custava R$10,00. Vale muito a visita!!


Bjoksss,
Paty.

2 comentários:

Mariana Abreu disse...

Paty!!!
fui lá ontem e também nao saí de mãos vazias!
uma gracinha suas aquisições e adorei saber que vai ter em maio de novo!!
Beijocas

Cecilia disse...

Não fui desta vez, Paty... Mas eu vou na edição de maio!!
Bjs,
Cecilia